Vinho Malbec Argentino: Conheça o Malbec Tradicional

Tempo de leitura: 17 minutos

Conheça o Vinho Malbec Argentino, a origem da Uva Malbec, um pouco de sua história, sua evolução, as características de um bom vinho e o que atribui tamanha qualidade no Malbec Argentino.

Os terrois que favorecem o cultivo da cepa Malbec e principalmente, aprenda as melhores harmonizações para seu tradicional Vinho Malbec Argentino.

Origem das Uvas Malbec

Vinho Malbec Argentino

A história conta que as primeiras cepas de Malbec teriam surgido na Hungria, apresentadas por um camponês de sobrenome Malbek.

O viticultor húngaro é considerado o responsável pela migração e disseminação da uva para a França, mais precisamente em Cahors e posteriormente em Bordeaux.

Com o tempo, o nome da uva teria sido adaptado de Malbek para Malbec.

Na região de Cahors, no sudoeste da França, era produzido o que se apelidava de “vinho negro” por apresentar sua cor intensa.

Era um vinho muito concentrado e denso, o qual era incorporado aos vinhos leves da região de Bordeaux para lhes atribuir cor e estrutura.

Vinho Malbec Argentino: Conheça o Malbec Tradicional

Enfim, no século XIX na França, a casta começou a ganhar popularidade, e desenvolveu-se como uma das grandes uvas locais.

Dessa forma, a Malbec firmou-se dentre as cinco mais cultivadas da tradicional região de Bordeaux.

De súbito, esse cenário mudou quando um ataque conhecido de pragas, ainda no século XIX, devastou muitos vinhedos da Europa.

Os problemas enfrentados pela Malbec na França

Vinho Malbec Argentino

A uva Malbec passou por dificuldades na região da França, especialmente ao final do século XIX, com o ataque da Filoxera.

A Filoxera é um inseto sugador que impede o desenvolvimento das videiras – sobretudo das brotações, e reduz a atividade fotossintética.

Essa praga devastou a maior parte dos vinhedos da França e de outros países da Europa.

Além disso, ainda precisou enfrentar um inverno muito rigoroso acompanhado de fortes geadas em meados do século XX, mais precisamente em 1956.

Essas geadas prejudicaram expressivamente a vitivinicultura de Cahors e praticamente apagaram boa parte das vinhas da Malbec de Bordeuax.

Vinho Malbec Argentino

A volta por cima da cepa Malbec Francesa

Na mesma época, o idealista argentino Domingo Faustino Sarmiento contratou o enólogo francês Michel Aimé Pouget.

Michel levou para a Argentina várias cepas de uvas, dentre elas a Malbec, que passou a ser cultivada em especial, na região de Mendoza.

Somente ao final do século XX, foi que um grupo de empresários reconstruiu a indústria vinícola francesa.

Vinho Malbec Argentino

Atualmente a uva Malbec continua tendo amplo cultivo na França, dando origem a excelentes vinhos escuros, sóbrios, aromáticos e muito agradáveis.

A casta Malbec também pode ser encontrada no Chile, na África do Sul, Austrália, no Canadá, nos Estados Unidos, na Itália, Espanha, no Marrocos e na Suíça.

Malbec na Argentina: o desenvolvimento da uva no Novo Mundo

Segundo especialistas, o notável desenvolvimento da uva Malbec se deve a um conjunto vantajoso de diversos fatores.

Com isso, os aspectos geográficos, climáticos e geológicos, dão destaque em especial a região de Mendoza.

Vinho Malbec Argentino

As altitudes argentinas entre 700m e 1400m, onde os vinhedos florescem, seriam irreais na Europa.

O clima desértico continental, o solo seco e pobre, a grande luminosidade solar, a baixa umidade, a alta altitude (média superior a 900m acima do nível do mar).

Além disso, os até 20°C de amplitude térmica (diferença de temperatura entre o dia e a noite).

Todos são fatores que fazem com que o vinho Malbec argentino tenha características peculiares, proporcionando intensidade de aroma e cor.

A maior exposição da uva ao sol melhora na maturidade e reduz a sua acidez, além de apresentar taninos macios.

Inegavelmente, é o que faz com que o vinho não dê a sensação de boca seca.

Vinho Malbec Argentino

O conjunto de condições favoráveis do terroir argentino (solo, clima, altitude, chuva e relevo) contribui muito para que os vinhos produzidos nessa região sejam excelentes.

Inclusive o correto cultivo das videiras e o cuidado na produção também são essenciais.

Da uva Malbec para o vinho argentino – O Malbec Tradicional

Com o tempo, a uva Malbec Argentina apresentou-se um pouco diferente daquela que era comum na França.

Vinho Malbec Argentino

Apresentando-se com cachos menores e mais densos do que a cepa francesa.

A casta argentina da Malbec adaptou-se muito bem em uma região de altitude elevada e solos considerados pouco produtivos, até então.

Fator fundamental na Argentina foi a alta exposição solar, que alterou as características da uva, reduzindo sua acidez.

Essas mudanças foram capazes de dar início ao vinho tipicamente argentino, o Malbec tradicional.

Província de Mendoza

Situada no centro de um deserto, Mendoza é uma região árida.

Com clima seco e solos rochosos e arenosos, chove em média 200mm por ano.

Vinho Malbec Argentino

Em Mendoza está a maior concentração de vinícolas do continente. São mais de 1.200 vinhedos.

Com um clima semidesértico, os dias são bastante quentes e a temperatura refresca à noite nas montanhas.

A Província de Mendoza é oficialmente considerada uma das oito Grandes Capitais do Vinho.

Ademais, essa região concentra mais de 60% das videiras plantadas na Argentina.

Uma boa parte dos produtores mais famosos do país tem sua sede na região de Mendoza.

Enfim, é lá onde se encontram os vinhos finos Malbec mais equilibrados e mais relevantes.

Vinho Malbec Argentino

Valle de Uco

A 100 km de distância da cidade de Mendoza, o Valle de Uco é também um cenário perfeito para a Uva Malbec.

Região que possui mais de 40% da área plantada apenas dessa casta.

Essa região é marcada pelo clima temperado, com invernos rigorosos e verões quentes, de noites frescas.

A amplitude térmica diária alcança 15°C, reforçando o tanino das uvas.

São mais de 25 mil hectares de vinhedos, realçando a magnitude do Valle de Uco para o cultivo de uvas e a produção de vinhos.

Vinho Malbec Argentino

Outras regiões da Terra do Malbec

Salta, no norte da Argentina, para quem prefere Malbec em versões bem encorpadas e concentradas, com maior teor alcoólico.

E ainda a Patagônia, no sul do país, que tem elaborado vinhos cada vez melhores.

Com uma coloração vermelha menos escura e um pouco mais fácil de beber.

O Malbec da Patagônia apresenta uma acidez marcante que remete mais ao estilo europeu de vinho.

O Primeiro Vinho 100% Malbec e a Revolução do Malbec Argentino

Em 1990 aconteceu uma grande revolução na produção do Vinho Malbec.

Nicolas Catena foi quem produziu o primeiro vinho 100% Malbec, maturado por um longo período em carvalho francês.

Vinho Malbec Argentino

A Vinícola Catena em Luján de Cuyo daria início à tradição do vinho Malbec, particularmente influenciado pelo terroir local, que pode ser profundamente percebido no palato especial da bebida.

É especialmente essa, a principal característica que torna os vinhos produzidos em solo argentino tão diferenciados, não podendo ser reproduzidos com as mesmas qualidades em outros locais.

Em 1996, Nicolas Catena passou a plantar vinhedos dessa casta em terrenos de maior altitude, aproximadamente 1.400m acima do nível do mar.

Certificação Oficial do Vinho Malbec Argentino – D.O.C.

A certificação oficial da notável qualidade dos Malbecs Argentinos foi obtida quando as uvas Malbec da região de Luján de Cuyo foram reconhecidas pela Denominação de Origem Controlada (D.O.C.).

Essa denominação obriga os produtores a manter um alto nível de qualidade dos vinhos..

Luján de Cuyo, na região de Mendoza, foi o primeiro lugar na América do Sul a obter a D.O.C.

Vinho Malbec Argentino

Como já citamos, é graças a um conjunto positivo de diversos fatores, como geográficos, climáticos e geológicos, que o vinho Malbec argentino apresenta-se com características muito particulares.

Os rótulos Argentinos vêm recebendo cada vez mais reputação e reconhecimento entre os críticos do universo do vinho.

Qualidades do bom Vinho Malbec Argentino

Os vinhos produzidos a partir da uva Malbec apresentam características bastante marcantes.

Visual

Sua coloração é intensa e escura, próxima à vermelha púrpura. Um vinho robusto e bem concentrado.

Quando jovem, puxa um pouco mais para o roxo com reflexos violáceos.

Olfato

O aroma do vinho, por sua vez, diversifica de acordo com o terroir onde a uva foi plantada, bem como do local de origem do barril de carvalho (francês ou americano).

De um modo geral, todavia, o vinho Malbec tem aromas que remetem à frutas vermelhas, como amora, cereja, ameixas maduras e também mel.

O vinho Malbec possui grande capacidade para amadurecer com excelência.

Na ocasião em que forem envelhecidos em carvalho, seus aromas tornam-se muito mais complexos.

Desta forma, poderão revelar-se notas de baunilha, couro, coco, chocolate, café, tabaco, tostados, trufas, cravo e outras especiarias.

Paladar

Se o vinho passar um período em barril de carvalho, irá apresentar-se mais estruturado e no paladar, mais saboroso e agradável em boca.

Já que seus taninos são macios, não apresenta sensação de adstringência, o que os torna fáceis de beber com uma textura mais aveludada.

Vinho Malbec Argentino

Importante destacar:

Embora as características sejam similares, é relevante ressaltar que no comércio de vinhos existem diversos tipos de Malbecs e que as características variam de acordo com o terroir.

Em Mendoza, por exemplo, a característica do solo pobre, permite que a fruta desenvolva-se expressivamente, o que acaba originado um Malbec com mais personalidade.

Similarmente, deve-se considerar a origem e o tempo de contato com o barril de carvalho.

Tal como os múltiplos sistemas de cultivo do vinhedo, a safra, a etapa da colheita, leveduras utilizadas, o tipo de maceração, dentre diversos outros fatores.

De acordo com especialistas, o cultivo da uva em altitudes mais elevadas, com ampla variação de temperatura (noites frias e dias quentes), como é o caso da região da Argentina.

Por conseguinte, são características que exacerbam a intensidade do sabor e dos aromas e faz com que o vinho argentino um sabor muito agradável.

Vinho Malbec Argentino

Elaboração do Malbec Tradicional

O processo da vinificação utiliza tanques de aço inoxidável na fermentação e barricas de carvalho no amadurecimento.

No caso de um vinho jovem, no processo de fermentação são utilizadas leveduras selecionadas e que ressaltam as propriedades do vinho da Malbec.

Cor vermelha intensa, aromas de frutas vermelhas, destacando a ameixa, a doçura dos taninos.

Além da acidez relativamente baixa, são algumas das características do vinho jovem.

Já no envelhecimento em carvalho (geralmente francês) apresenta também algumas notas de couro, torradas e especiarias.

Esse processo incorpora complexidade ao vinho e pode variar de acordo com a madeira e suas características.

Vinho Malbec Argentino

Os tipos de Vinhos Malbec

Varietal

A uva malbec pode ser usada para produzir vinhos varietais ou monovarietais – vinhos feitos com apenas uma casta de uva ou a sua predominância.

A porcentagem mínima da uva varietal varia de região a região, mas tende a ficar na faixa de 75 a 90%.

No caso específico da Malbec, quando não for 100%, ela poderá contar com a prima Tannat e Merlot.

100% Malbec

Como os varietais exigem apenas que predomine uma determinada uva, é comum encontrarmos vinhos com a informação “100% Malbec”.

Informação que serve para diferenciá-lo do varietal Merlot que contém outra uva.

Quem prova um vinho produzido a partir desta uva Malbec plantada em solo argentino, sabe que ele tem um sabor único.

Assemblage

Ou vinhos de cortes, também chamados de assemblage ou blend, são vinhos elaborados com mais de uma variedade de uva, é produzido a partir de diferentes cepas.

A Malbec é excelente como base de vinhos de cortes, acompanhada geralmente com uvas Cabernet Sauvignon, Merlot, Syrah, Petit Verdot ou Cabernet Franc.

Apresentando vinhos de grande complexidade, equilíbrio e elegância.

Vinho Malbec Argentino

Existe um Vinho Malbec para cada gosto, identifique o seu!

Se for um iniciante no mundo dos vinhos ou já é mais experiente, um Malbec é sempre uma excelente pedida. Mas para não errar fique atento as seguintes dicas:

– Se você está começando a apreciar vinhos, é bom optar por um rótulo Malbec que seja de uma safra mais recente, um vinho jovem.

De preferência por pouca ou nenhuma passagem por barrica de carvalho, dessa forma, ele será mais fácil de agradar, pois atende melhor o dia-a-dia.

– Agora, se você já se rendeu ao universo de um bom vinho, em especial um Malbec, deve buscar por Malbecs mais envelhecidos, seja em garrafa ou em barricas de carvalho.

Exemplares com boa estrutura e taninos firmes e sedosos, com um final prazeroso.

Existem outros tipos de vinhos elaborados com a uva Malbec, principalmente na Argentina, onde encontramos os refrescantes rosés, frutados e elegantes;

Vinho Malbec Argentino

A Malbec serve também com vinho base para diferentes tipos de espumantes brancos, rosés, além dos tintos.

E por último, os licorosos ou tipo portos, vinhos que são fortificados com álcool vínico, transformando-os em vinhos doces e intensos.

Perfeitos como aperitivo, mas que também caem bem na sobremesa, em especial a base de chocolate. Quem resistiria?

Dia Mundial da Uva Malbec – É 17 de abril, o Malbec World Day!

Vinho Malbec Argentino

17 de Abril – Dia Mundial da Uva Malbec!

Data que comemora o símbolo da transformação da indústria do vinho argentino.

Esta data foi firmada em 2011 pela Wines of Argentina, entidade responsável pela imagem do vinho argentino no mundo.

Foi nesse mesmo dia em 1853, que o engenheiro agrônomo francês Michel Aime Pouget trouxe para Mendoza as primeiras mudas das uvas Malbec.

Sem dúvida, a grande maioria da produção mundial de Malbec – entre 75 a 80% – está na Argentina.

É a cepa mais plantada nos vinhedos da Argentina, ocupando a área superior a 15% do total de hectares cultivados no país.

Vinho Malbec Argentino

O Malbec World Day foi comemorado pela primeira vez em 2011, quando ocorreram mais de 72 eventos, em 45 cidades de 36 diferentes países.

No ano seguinte, 2012, o número de eventos ampliou para 142, em 68 cidades de 43 países.

Vários eventos culturais são organizados no decorrer do mês de abril em comemoração a esse dia.

Além de acentuar as qualidades da uva Malbec, o objetivo é promover cultura e música.

Bem como na Roma Antiga, onde as pessoas dançavam em festas como forma de homenagem a Baco, Deus do vinho.

Afinal, qual é o melhor Malbec? Argentino ou francês?

É muito interessante ver como o terroir influencia as características de uma mesma uva.

Se pudermos comparar um Malbec Argentino, em especial da região de Mendoza, com outro de Cahors, na França, vamos identificar diferenças significativas de sabor.

A Província de Mendoza – próximo à Cordilheira dos Andes, dispõe da altitude, solo seco e pobre, além da baixa umidade e acentuada exposição ao sol.

As características acima, são fatores que resultam vinhos com excelente expressão da fruta, acidez moderada e taninos maduros e macios.

Vinho Malbec Argentino

A Malbec argentina tem sabor e aparência diferente da Malbec francesa. Seus cachos são menores e densos, dando origem a frutos igualmente menores.

Já em Cahors, na França, as uvas não alcançam a mesma maturidade que em solo argentino.

A exposição ao sol não ocorre com a mesma intensidade do que na Argentina.

Por conta disso, desfrutamos de vinhos menos frutados, taninos mais duros e acidez maior.

O cacho da Malbec francesa é de tamanho médio, cônico, com bagos médios em forma de esferas.

A uva apresenta polpa macia e cor preta azulada.

Vinho Malbec Argentino

É difícil dizer qual é o melhor Malbec!

Quando citamos a uva e vinho de excelente qualidade Malbec imediatamente remetemos à Argentina.

Harmonizando com Vinho Malbec

Vinho Malbec Argentino

Os Malbecs argentinos são considerados os melhores do mundo, e possibilitam amplas combinações gastronômicas.

O Vinho Malbec apresenta-se bem encorpado com taninos macios e acidez moderada.

Características que contribuem para que este vinho seja versátil na hora de harmonizar.

Vinho Malbec Argentino

Uma combinação muito atraente é a regional, com o prato típico de cada região.

Sua versatilidade alcança harmonia com pratos de inspiração oriental, pratos espanhóis vibrantes, lasanha a bolonhesa, massas e pizzas.

Vinho Malbec Argentino

Podemos citar as massas com molhos vermelhos, de carnes, agridoces e apimentados e risoto ao funghi.

Vinho Malbec Argentino

O famoso molho barbecue casa impecavelmente com o Malbec harmonizando nas semelhanças e ressaltando as características de cada um.

Agora, imagina um magnífico vinho Malbec argentino na companhia daquele churrasco argentino?

Vinho Malbec Argentino

Mas não fique triste!

Se não puder apreciar seu Malbec com um churrasco argentino, a picanha brasileira assada ou grelhada também fica perfeita.

O Vinho Malbec harmoniza bem com carnes de sabor mais forte

Um bom Vinho Malbec Argentino casa com churrasco melhor do que ninguém!

Observe que os cortes de carnes indicados são os mais suculentos, preparados ao ponto ou mal passados.

Dessa forma favorecem um paladar ainda mais agradável ao vinho:

Picanha, Alcatra, Costela (e outros cortes especiais de carne vermelha para churrasco);

Vinho Malbec Argentino

Além de:

Vitelo;

Cordeiro (Carré de cordeiro mal passado em crosta de ervas);

Vinho Malbec Argentino

Pato (Com molho de temperos marcantes, picantes);

Carne de Porco;

Vinho Malbec Argentino

Inclusive linguiça.

Além de queijos curados e também queijos envelhecidos;

Vinho Malbec Argentino

Aperitivos do tipo embutidos;

Vinho Malbec Argentino

Pratos com molhos mais fortes a base de pimentões.

Temperos mais marcantes como pimenta, alho, cebola, alecrim, tomilho e hortelã.

Além de receitas que levem berinjela, erva doce e nozes entre os ingredientes.

Pratos elaborados com berinjela ou que contenham muitas nozes são fortes aliados.

Há também algumas especiarias que auxiliam na harmonização com Malbec argentino.

Experimente utilizar amoras, frutas secas, tomate seco, alguns tipos de pratos baseados em cogumelos, vinagre balsâmico, beterraba, bacon e mostarda.

Para não distorcer as melhores características, de forma alguma tente harmonizar o legítimo Malbec com peixes, frango e saladas.

Então, curtiu a teoria? Que tal agora partir para a prática? 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *