8 dicas para transportar vinho na bagagem

Tempo de leitura: 2 minutos

Algumas dicas básicas para transportar vinho na bagagem, para você que é um apreciador de vinhos e ama viajar, quer seja para lugares vitivinícolas ou não, certamente não vai voltar para casa de mala vazia.

Vamos as dicas para transportar vinho na bagagem

  • Em voos nacionais, é permitido levar até quatro garrafas de vinho na bagagem de mão. Para despachar, fique atento ao excesso de peso para não gerar um alto custo;

8 dicas para transportar vinho na bagagem

  • Nos voos internacionais não é permitido transportar vinho na bagagem de mão, se ele for de embalagem líquida com mais de 100 mL.

Para despachar é permitido até 16 garrafas de 750 mL ou 12 litros de vinho. 

Caso o valor das garrafas exceda o limite de US$ 500,00 (o limite engloba todos os produtos que o viajante comprar no exterior), serão cobrados impostos (50% do valor dos produtos).

É imprescindível que tenha sempre as notas fiscais de todos os vinhos adquiridos no exterior;

  • O tempo da viagem não causará alterações no vinho, por isso não se preocupe se o voo for muito longo, desde que o compartimento de bagagem da aeronave seja pressurizado;

8 dicas para transportar vinho na bagagem

  • Não compre várias garrafas de um mesmo vinho, o fiscal da alfândega pode concluir que você está trazendo para comércio. Isto muda a regra de isenção e as taxas;
  • Caso queira trazer vinhos no meio das malas de roupas, prática muito utilizada com o argumento de facilitar o processo, evitar declarações etc, lembre-se de envolvê-las de forma que não vazem caso quebrem.

Coloque-as bem acomodadas sem encostarem umas nas outras, usando as roupas para neutralizar impactos;

  • Mencione com quem lhe vender os vinhos que eles serão despachados, pode ser que tenham alguma embalagem adequada, que proteja a garrafa de impactos;8 dicas para transportar vinho na bagagem
  • Há também malas elaboradas exclusivamente para este transporte, dando maior garantia para que não sofram danos na viagem.

Para adquiri-las, basta procurar no mercado por malas especiais para garrafas de vinhos;

  • Compre apenas vinhos que não se encontra com facilidade na sua cidade ou que você pagaria muito caro, se comparado ao local onde estiver.

Não traga vinhos baratos, aproveite para trazer os melhores!

Agora que você já tem algumas dicas para transportar vinho na bagagem, pegue o mapa, trace seu destino turístico vitivinícola e não perca tempo com burocracias inesperadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *